Município de Rorainópolis é contemplado com Centro Especializado em Reabilitação

O Ministério da Saúde liberou nesta semana o empenho da primeira parcela do recurso para a construção do Centro Especializado em Reabilitação (CER) no município de Rorainópolis, segunda maior cidade do estado de Roraima. A obra será um importante ambiente para o atendimento de pacientes que necessitam de reabilitação visual, auditiva ou física.

A confirmação da construção do CER em Rorainópolis representa uma vitória para os moradores do sul do estado, já que só existe um Centro Especializado em Roraima, localizado em Boa Vista. A nova unidade vem para desafogar a situação da capital e facilitar a locomoção de pacientes que tem dificuldade de fazer o tratamento longe de sua residência.

O Ministério da Saúde publicou a portaria para habilitar a construção da obra após várias articulações do deputado federal Edio Lopes (PR/RR) junto aos chefes que passaram pela pasta da Saúde. Para o parlamentar o momento é de conquistas. “Trazer uma obra desse porte para Rorainópolis é bastante significativo, pois o município se tornará uma referência para esse tipo de reabilitação. Essa unidade da CER será do tipo 3, a mais completa das unidades”, explicou o deputado.

Segundo Edio, a Prefeitura de Rorainópolis fez um excelente trabalho para mostrar ao governo federal a importância de uma estrutura adequada para atender os cerca de 27.288 habitantes do município e demais regiões próximas. “Rorainópolis está numa área estratégica para atender moradores do estado, além dessa questão, a equipe da prefeitura esteve sempre mobilizada para garantir que o Ministério habilitasse essa obra. Isso fez muita diferença”, lembrou.

Investimentos 

A primeira parcela do recurso para obra – que deve ser liberada em breve – será de 10% do valor total da obra de R$ 3,750 milhões. Com a liberação desse recurso a Prefeitura de Rorainópolis terá até 9 meses para realizar o processo administrativo necessário para que o restante do investimento seja liberado e se dê continuidade as obras.

Com aprovação do projeto e a realização do processo licitatório a Prefeitura de Rorainópolis será responsável pela construção da CER. Além disso, para garantir o bom funcionamento da unidade no sul do Estado, o Ministério da Saúde também garantirá o custeio mensal da unidade da CER do tipo 3 em Rorainópolis com cerca de R$ 200 mil.

Nosso mandato é participativo!